Discografia



O álbum Evanescence, foi lançando em 11 de outubro de 2011, ele é o terceiro e último álbum de estúdio lançado pela banda até hoje. A gravadora responsável pelo lançamento foi a Wind-Up Records. Em 22 de fevereiro de 2010, entraram em estúdio para realizar as gravações com o produtor e amigo de Amy, Steve Lillywhite. O álbum teve a data de lançamento alterada diversas vezes por conta da gravadora. E quando parte do novo material já estava sendo produzido Amy Lee anunciou que o Evanescence deixou o estúdio para recomeçar o trabalho com um novo produtor, Nick Raskulinecz, em abril de 2011.

O terceiro álbum do Evanescence tem como influencias, Björk, Depeche Mode, Massive Attack, MGMT e Portishead. As canções contém elementos de rock, nu metal e hard rock, também electro. É considerado pela Amy o álbum mais “pesado” da banda.

Estreou no número #1 na parada da Billboard 200, com 127.000 cópias vendidas. Também estreou no número #1 em quatro diferentes tabelas da Billboard: "álbuns de rock", "álbuns digitais", "álbuns alternativos", e os "álbuns gráficos de hard rock". Tornou-se um sucesso mundial aparecendo em diversas paradas de mais de vinte países.

Singles: What You Want, My Heart Is Broken, Lost In Paradise e Made Of Stone


Faixas:

1 - What You Want
2 - Made of Stone
3 - The Change
4 - My Heart Is Broken
5 - The Other Side
6 - Erase This
7 - Lost in Paradise
8 - Sick
9 - End of the Dream
10 - Oceans
11 - Never Go Back
12 - Swimming Home
13 - New Way to Bleed (Bônus)
14 - Say You Will (Bônus)
15 - Disappear (Bônus)
16 - Secret Door (Bônus)

Vendas: +1 milhão de cópias em todo o mundo
Canadá: Disco de Ouro
Austrália: Disco de Ouro
Reino Unido: Disco de Prata

O The Open Door foi lançado em 27 de setembro de 2006, através da gravadora Wind-Up Records. O lançamento estava previsto para março de 2006, mas devido a um acidente vascular cerebral sofrido pelo guitarrista Terry Balsamo e a troca de empresário, houve atraso. Esse álbum fui um grande recomeço para a banda, ele incorpora elementos do rock, rock sinfônico e pop. Foram necessários 18 mêses de processo de composição para o álbum finaliza-lo. As gravações se iniciaram em setembro de 2006 em um estúdio em Hollywood, e terminaram em março do ano seguinte. As músicas tratam de temas obscuros, em sua maioria foram compostas por Amy Lee e Terry Balsamo, produzida por Dave Fortmam.

O álbum liderou as tabelas da Alemanha, Austrália, Estados Unidos e da Europa. E classificou-se nas dez primeiras posições em diversos países. Foi o primeiro trabalho da banda a liderar a Billboard 200, com 447 mil cópias vendidas. O single Sweet Sacrifice foi indicado ao Grammy Awards 2007, na categoria de Best Hard Rock Performance.
Amy Lee define o álbum como “maduro e corajoso”. 


Singles: Call Me When You're Sober, Lithium, Sweet Sacrifice e Good Enough


  
Faixas:

1 -  Sweet Sacrifice 

2 - Call Me When You're Sober
3 - Weight of the World
4 - Lithium
5 - Cloud Nine
6 - Snow White Queen
7 - Lacrymosa
8 - Like You
9 - Lose Control
10 - The Only One
11 - Your Star
12 - All That I'm Living For
13 - Good Enough
14 - The Last Song I'm Wasting on You (Bônus)

Venda: +6 milhões de cópias em todo o mundo

Estados Unidos: 2x Disco de Platina
Canadá: 2x Disco de Platina
Austrália: 2x Disco de Platina
Nova Zelândia: Disco de Platina
Brasil: Disco de Platina
Alemanha: Disco de Ouro
França: Disco de Ouro 

Anywhere But Home é o único álbum ao vivo oficial do Evanescence. Ele foi lançado em 23 de novembro de 2004, através da gravadora Wind-Up Records. O show foi gravado em Paris, em maio do mesmo ano, além dele, o disco contém os clipes e as canções do álbum Fallen e um documentário mostrando a banda durante a intensa turnê. O single “Missing” foi lançado para promover o álbum.

Em dezembro de 2004, um americano entrou com processo contra a banda, após ouvir palavras de baixo calão sendo pronunciadas durantes as músicas. A ação alegou que embora o álbum contivesse as palavras explícitas, não havia nenhuma etiqueta Parental Advisory na embalagem. Também foi dito que o álbum violava a política da loja onde foi comprado. O processo foi resolvido por ordem judicial de um acordo que permetiria que as  pessoas que compraram o álbum no local deveriam receber um reembolso. Porém, alguns exemplares possuem a etiqueta Parental Advisory. 

Na Billboard 200, o álbum estreou no número trinta e nove em 11 de dezembro de 2004, vendendo 59 mil cópias em sua primeira semana. Na parada espanhola de DVDs, Anywhere but Home estreou em primeiro lugar na semana encerrada em 28 de novembro de 2004. Mais tarde, tornou-se um dos maiores best-seller musicais de 2004.

Single: Missing


Faixas:


1 - Haunted
2 - Going Under
3 - Taking Over Me
4 - Everybody's Fool
5 - Thoughtless
6 - My Last Breath
7 - Farther Away
8 - Breath No More
9 - My Immortal
10 - Bring Me to Life                                                     
11 - Tourniquet     
12 - Imaginary
13 - Whisper
14 -  Missing

Vendas: 1,5 milhões de cópias em todo o mundo

Austrália: 5x Disco de Platina
Estados Unidos: Disco de Ouro
Grécia: Disco de Ouro
Suécia: Disco de Ouro

O Fallen é o álbum de estria do Evanescence, foi lançado em 4 de março de 2003, através da gravadora Wind-Up Records. O álbum foi gravado em diversos estúdios, é o disco mais vendido da banda, até hoje. Estreou na sétima posição da Billboard 200, vendendo mais de 141 mil cópias em sua primeira semana. Internacionalmente, liderou as paradas em mais de 40 países do mundo. Foi certificado quinze vezes com disco de platina pela Recording Industry Association of America (RIAA), e adquiriu várias certificações em todo o mundo. O disco recebeu cinco indicações no 46º Grammy Award, vencendo Melhor Novo Artista e Melhor Performance do Hard Rock em 2004.

Inicialmente o Fallen foi promovido em lojas cristãs, mas a banda deixou claro que não queriam ser considerados partes do gênero rock cristão, e que Amy era totalmente contra essa associação. Em abril de 2003, a presidente da gravadora enviou um comunicado às rádios cristãs e lojas de varejo para explicar que apesar das letras o Evanescence nunca foi, e não seria uma banda secular. Logo após as músicas do álbum foram retiradas das listas.

Na primeira turnê da banda, promovendo o álbum, foram realizados mais de 208 shows. 


Singles: Bring Me To Life, Going Under, My Immortal, Everybody's Fool e Imaginary




Faixas:

1 - Going Under
2 - Bring Me to Life
3 - Everybody's Fool
4 - My Immortal
5 - Haunted
6 - Tourniquet
7 - Imaginary
8 - Taking Over Me
9 - Hello
10 - My Last Breath
11 - Whisper
12 - My Immortal

Vendas: +20 milhões de cópias em todo o mundo

Estados Unidos: 7x Disco de Platina
Canadá: 7x Disco de Platina
Austrália: 6x Disco de Platina
Nova Zelândia: 5x Disco de Platina
Brasil: 2x Disco de Platina
Alemanha: 5x Disco de Ouro

O Mystery EP foi lançado em 13 de janeiro de 2003 com a colaboração da Wind-Up Records. Originalmente foi criado para ser a divulgação da banda em gravadoras de todo o mundo.

A versão original foi disponibilizada apenas em um show da banda durante a Fallen Tour. 



Faixas:


1 - My Last Breath
2 - My Immortal (versão Mystary)
3 - Farther Away
4 - Everybody's Fool
5 - Imaginary

O Origin é um CD demo do Evanescence, lançado em 4 de novembro de 2000 através da gravadora Bigwig Enterpresis. Existem apenas 2500 cópias desse álbum, onde todas foram comercializadas em concertos ao vivo da banda na cidade de Little Rock e no website da gravadora. Embora seja comumente referido como um álbum de estúdio, Amy Lee se refere a ele apenas como um CD demo.

O disco contém as primeiras versões de "Whisper", "Imaginary" e "My Immortal", que foram incluídas posteriormente no álbum Fallen, bem como uma versão regravada da canção "Where You Will Go", que anteriormente apareceu em Evanescence EP lançado em 1998. Três faixas foram omitidas: "Catherine","Spanish" e "Listen to the Rain"; esta última foi planejada para ser mesclada com "Eternal", porém foi substituída pela faixa instrumental "Demise".






Faixas:

1 - Origin

2 - Whisper (versão Origin)
3 - Imaginary (versão Origin)
4 - My Immortal (versão Origin)
5 - Where Will You Go (versão Origin)
6 - Field of Innocence
7 - Even in Death
8 - Anywhere
9 - Lies
10 - Away From Me
11 - Eternal                                                 


O Sound Asleep EP, também é conhecido como Whisper EP, foi lançado pelo Evanescence em agosto de 1999, com a colaboração da gravadora Bigwig Enterprises. Foram apenas 50 cópias gravadas. 

A imagem escolhida para a capa do disco foi um interpretativo auto-retrato da Amy Lee, porém ao ser redimensionada para o encarte acabou se desfigurando, então a ideia foi rejeitada.  


Faixas:

1 - Give Unto Me (versão instrumental)
2 - Whisper (versão Sound Asleep)
3 - Understanding (versão Sound Asleep)
4 - Forgive Me 
5 - Understanding 
6 - Ascension of the Spirit
                                         

O Evanescence EP foi lançado pelo Evanescence em dezembro de 1998, com colaboração da gravadora Bigwig Enterpresis. Foi criadas 100 cópias do disco, e todas foram vendidas em um show em Little Rock, cidade natal da banda. A estátua na capa do álbum se chama Angel of Grief, do escultor norte-americano William Wetmore Story que serve como o túmulo de pedra, ao artista e sua esposa Emelyn Story , no Cemitério Protestante (oficialmente denominado Cimitero acattolico) em Roma.


Faixas:

1 - Where Will You Go?
2 - Solitude
3 - Imaginary (versão Evanescence EP)
4 - Exodus
5 - So Close
6 - Understanding
7 - The End (instrumental)

Um comentário:

.

.